VoyForums

VoyUser Login optional ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123456 ]
Subject: Um pouquinho de história ...


Author:
Yuri (Sta.Catarina)
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 17:53:26 08/07/18 Tue
Author Host/IP: NoHost/200.101.204.50

Olá queridinhos e queridonas! Tudo bem com vocês?
Bem, relembrar é viver … ou reviver …
Qualquer que seja o conceito … boas lembranças merecem ser visitadas …
.
Tenho o Miss Universo em tão boas lembranças … desde que me entendo por gente …
E por isso vou cometer a ousadia de tentar formatar esse evento ao longo da história …
.
Resultados de concursos semelhantes, mas que ocorreram anteriormente à primeira edição do concurso atual não são considerados ‘oficiais’ pela organização “Miss Universo”. Data de 1926 o primeiro ‘concurso’ (vencido pela norte-americana Catherine Moylan), depois 1927-1932 e 1935. Em 1929 a brasileira Yolanda Pereira venceu a disputa (que fora realizada no Rio do Janeiro).
.
Tal qual o conhecemos, a primeira edição do concurso ocorreu em 1952 sendo vencedora a finlandesa Army Kuusela. Seguiram-se a francesa Christine Martel em 1953 e a norte-americana Myrian Stevenson em 1954 (edição esta que muitos consideram como a primeira ‘garfada’ por conta do resultado final – Marta Rocha, então favoritíssima em todas as bolsas de apostas acabou ficando com a vice-colocação).
.
Das 10 primeiras Miss Universo eleitas, 4 eram europeias, 3 eram norte americanas, 2 eram latino-americanas e 1 era asiática. Estados Unidos foi o primeiro país a conseguir dois títulos na mesma década (1954 e 1956), sendo que feito semelhante foi conseguido pelo Brasil nos anos 1960
.
Até 1963 (ano da primeira conquista do título por uma candidata brasileira), o Brasil era considerado potência e franco favorito ao título. Entre 1954 e 1963 foram 3 segundos lugares, 2 quintos lugares e o título em 1963.
Entre os anos 1950 e 1960 o recato dominava e as posturas e comportamentos das misses eram bastante pudicos (se comparados ao que se expressa e conhece atualmente). Vestidos grandes, rodados, com braços envoltos em luvas até os cotovelos, cabelos acima dos ombros e vedados à pinturas.
.
Filipinas conquista sua primeira coroa em 1969 e Porto Rico em 1970. Porém, enquanto os filipinos têm 3 títulos, os porto-riquenhos já ostentam 5 conquistas.
.
Os anos 1970 são bastante peculiares. Duas vencedoras representaram países do oriente médio (Líbano em 1971 e Israel em 1976), numa década que, historicamente foi marcada por muitos conflitos militares internacionais. O Brasil, entre 1964 e 1975, conseguiu figurar entre as semifinalistas 7 vezes; conseguiu o vice-campeonato em 1972; um quinto lugar em 1971 e a coroa em 1968 (nossa última).
Ainda nos anos 1970 a África ganhou sua primeira Miss Universo (1978), a hoje potência Venezuela conseguiu sua primeira coroa (1979). Em 1977 foi coroada Miss Universo a primeira negra (a trinitina Janelle Commissiong). Fato triste ocorreu na edição de 1979 quando o palco desabou após encerramento da transmissão, resultando em misses machucadas.
.
Os anos foram passando e o formato era aquele já conhecido: “anúncio do Top 12, depois as entrevistas, depois desfile em traje de banho, depois desfile em traje de gala, anúncio do Top 5, ‘close-up’ final, e anúncio da 4ª colocada, 3ª colocada, 2ª colocada, First run-up e a vencedora”. Era um espetáculo lindo de se ver.
Pelos idos dos anos 1980 predominam os exageros: cabelos armados, maquiagem carregada, vestidos com ombreiras bufantes, afetações mil e muito mais. A Venezuela repete os Estados Unidos e o Brasil, e torna-se o terceiro país a emplacar duas conquistas na mesma década (1981 e 1986).
.
Em 1985 uma porto-riquenha leva a coroa, enquanto as apostas todas recaíam sobre a (afetada) espanhola (que ficou com a vice colocação). Em 1989 uma jovem europeia de 22 anos leva para casa a coroa e até hoje é tida por muitos como a mais bela miss universo de todas (Angela Visser, da Holanda).
.
O Brasil, após um 4º lugar em 1979, repete o feito em 1981, e poderia ter conseguido algo semelhante (até melhor) em 1982, mas o excesso de confiança acabou prejudicando Celice Marques. Em 1985 e 1986 o Brasil figurou entre as semifinalistas, sendo que em 1986 as bolsas de aposta apontavam a brasileira e a norte americana como provável Top 2 naquela edição do concurso. O final da história nós conhecemos.
.
O continente americano domina as conquistas ao longo dos anos 1980, num total de 6 coroas, seguindo-se a Europa com 2 coroas, Oceania com 1 coroa e Ásia com 1 coroa.
Eis que chegamos aos anos 1990 e com eles algumas mudanças no formato do evento, ao mesmo tempo em que algumas marcas históricas foram estabelecidas. A África volta a vencer em 1992, e em 1998 e 1999 temos um “back to black” na coroação (a trinitina Wendy Fitzwillian coroando Mpule Kwelagobe de Botswana). Em 1992 temos um “red dress triplo” no top 3, em 1996 uma polêmica venezuelana que ao longo do seu reinado engordou alguns quilos (segundo ela, “uma forma de protesto contra a ditadura (?) da beleza”), e em 1997 a miss universo “mais velha” no momento da coroação (Brook Mahealani Lee, 26 anos).
.
Pra não dizer que não falei do Brasil, conseguimos duas posições entre as semifinalistas ao longo dos anos 1990 (1993 e 1998 mais precisamente). E só!
.
Com os anos 2000 vêm junto a modernidade e um caráter mais dinâmico ao concurso. Em 2000 uma eloquente indiana consegue a nota mais alta em toda história do concurso, na etapa entrevista. Em 2002 a russa Oksana Fedorova consegue feito semelhante, mas na etapa desfile em traje de banho. É dela também o primeiro (e até então único) caso de destronamento.
.
Em 2003 temos eleita a mais alta Miss Universo (Amelia Veja com seus 1,85), em 2007 temos a segunda japonesa coroada (com o Brasil na vice posição) e em 2008 e 2009 talvez o maior de todos os feitos … o “back to back” com Venezuela coroando Venezuela.
.
Ao longo dos anos 2000 a América continua dominando as conquistas, com 7 coroas (sendo Porto Rico e Venezuela com 2 para cada país). A Ásia consegue 2 e a Oceania 1 coroa.
.
Os anos 2010 trazem consigo a quarta coroa para o continente africano (Angola, na edição de 2011, realizada pela primeira vez no Brasil). Estados Unidos voltam a vencer em 2012 após um hiato de 15 anos. A França consegue sua segunda coroa após 63 anos. África do Sul consegue sua segunda coroa após 38 anos e, mico dos micos, em 2015 o mestre de cerimônias consegue errar o anúncio da vencedora (pobre da colombiana que teve o reinado mais curto da história … menos de ’15 minutos’ … sorte da filipina).
.
Já o Brasil, à exceção de 2010, conseguiu classificação 7 anos seguidos, sendo que em 2011 foi 3º lugar, e 2012 e 2013 ficou em 5º lugar.
.
O saldo disso tudo? Estados Unidos com 8 vitórias, Venezuela com 7, Porto Rico com 5, Suécia e Filipinas com 3. Estes são os maiores vencedores do Miss Universo. Porto Rico emplacou 1 vencedora na década de 1970, 1 na década de 1980, 1 na década de 1990, e 2 na década de 2000. Estados Unidos só não emplacou vencedora na década de 1970 e na década de 2000. Colômbia levou 56 anos para conseguir sua segunda coroa.
.
Então é isso. Recordar é viver (ou reviver).
Abraços a todos

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Replies:
Subject Author Date
Isso mesmo, Yuri, sinais dos tempos e agora temos Ângela Ponce para celebrar a Humanidade em Todas as suas potencialidades.Dra.Tânia
(ip-177-79-45-142.user.vivozap.com.br/177.79.45.142)
17:59:37 08/07/18 Tue
Matando saudade desse espaço lindo. Ótimo relato amigo, muito gostoso de ler e reviver todas essas lembranças, acho que só faltou relatar um feito conseguido até hoje apenas pela Colombia que foi vice por três anos seguidos, sendo esses anos 1992, 1993 e 1994. E também o formato novo que foi top 10, top 6 e top que durou de 1990 a 1997, voltando o top 5 em 1998. No mais parabens pela iniciativa e pelo conhecimento vasto que demonstrou ter pelo Miss Universo.JOEL
(NoHost/131.72.222.165)
18:48:28 08/07/18 Tue
Excelente resumo. (NT)Miss Segura
(oicomunica.telemar.net.br/200.222.122.184)
19:18:56 08/07/18 Tue
Poxa...Que bacana...Parabéns pelo post, Yuri...Você tem o dom de prender a atenção dos leitores com sua narrativa leve e dinâmica...Dr Zero
(187-61-226-62.cable.cabotelecom.com.br/187.61.226.62)
19:32:36 08/07/18 Tue
Parabéns amigo Yuri, ótimo relato, num resumo certeiro. Há muito o que se pensar e muito há se observar também. Abraços. (NT)James do Bonde/BR (Eu acho, acho sim...)
(bd2083ca.virtua.com.br/189.32.131.202)
21:56:17 08/07/18 Tue


VoyUser Login ] Not required to post.
Post a public reply to this message | Go post a new public message
* HTML allowed in marked fields.
* Message subject (required):

* Name (VoyUser only):

  Expression (Optional mood/title along with your name) Examples: (happy, sad, The Joyful, etc.) help)

  E-mail address (optional):

* Type your message here:

Choose Message Icon: [ View Emoticons ]

Notice: Copies of your message may remain on this and other systems on internet. Please be respectful.

[ Contact Forum Admin ]



Forum timezone: GMT-4
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2017 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.