VoyForums

Login ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123456[7]8 ]


[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Date Posted: 23:53:49 10/04/01 Thu
Author: Arthur
Subject: HISTÓRIA DO MISS RIO GRANDE DO SUL - vários textos

MISS RIO GRANDE DO SUL - PRÓLOGO


Date Posted: 20:51:57 09/30/01 Sun


Faltando alguns dias para o Miss Rio Grande do Sul, resolvi fazer uma análise muito pessoal de um dos mais tradicionais concursos de beleza do país. Gostaria de agradecer desde já o Dil, o Beto e todas as pessoas que se envolveram com essa homenagem! Espero que todos gostem!
O termo miss se tornou um sinônimo, quase um sobrenome para mulher perfeita: charmosa, com classe, uma beleza plástica sem igual ou simplesmente deslumbrante. Após a vitória de Miss Universo em 1930 com a pelotense Iolanda Pereira, o Rio Grande do Sul passou a procurar a mais bela nos mais diversos tipos de concursos. Falar do Miss Rio Grande do Sul é falar de clubes, de eventos sociais, de glamour, de mulheres maravilhosas, de vitórias internacionais e também falar de outros concursos de beleza regionais: Rainha das Piscinas do RGS, Garota Verão, Rainha da Indústria e do Comércio, Rainha dos estudantes, Rainha da Festa da Uva, Broto do Rio Grande, Glamour Girl, Senhorita Turismo, Rainha das Praias e Rainha do Atlântico Sul; além das centenas de festas municipais que escolhem suas rainhas e princesas como a Festa da Uva em Caxias do Sul e até mesmo a Mais Bela Prenda do RGS. Com regiões cultural e etnicamente diversas, o Miss Rio Grande do Sul destacou a beleza Serrana (Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi); da Campanha (Bagé, Uruguaiana, Santana do Livramento); do Sul do Estado (Pelotas, Rio Grande, Jaguarão); da Região Central (Santa Maria, Cachoeira do Sul); do Planalto Norte (Passo Fundo, Erechim); da Região Missioneira (Santa Rosa, Santo Ângelo, Cruz Alta); Vale do Taquari (Montenegro, Estrela, Lajeado) e Grande Porto Alegre (Novo Hamburgo, São Leopoldo, Canoas, Guaíba, Porto Alegre).

MISS RIO GRANDE DO SUL ANOS 50 - QUANDO TUDO COMEÇOU!


Date Posted: 21:06:47 09/30/01 Sun


A história desse concurso começou nos anos 50, mais precisamente em 1954 com a indicação de Ligia Beatriz Carotenuto de Caxias do Sul que foi a primeira Miss RGS no Miss Brasil. Ela foi ao Hotel Quitandinha e chegou ao 3º lugar batendo a favorita Patricia Lacerda.


Em 1955, o concurso foi realizado no tradicional Clube do Comércio de Porto Alegre onde 21 candidatas se apresentaram ao título estadual. A Miss Santana do Livramento (Tereza Flores Dias) chegou atrasada para as apresentações e apenas assistiu a coroação. Rosa Lúcia Alamon Barcelos de Bagé ganhou o concurso se destacando também as Misses Porto Alegre (Lea Penna), Pelotas (Stella Maris Aquini), Erechim (Claudete Pappi) e Santa Rosa (Maria Edy Duarte). Rosa não chegou ao top 5 no Hotel Quitandinha mas continua bela como em 1955, administrando sua fazenda na cidade gaúcha de Lavras do Sul.


Em 1956 o concurso seguiu no Clube do Comércio e sua representante também representou a capital dos gaúchos. Seu nome? Maria José Cardoso, seu codinome? Ava Gardner. Quinze municípios se apresentaram e Porto Alegre, Alegrete, Lajeado, Rio Grande, Santana do Livramento e São Leopoldo se destacaram. Miss Rio Grande (Terezinha Flores) chegou ao terceiro posto, Meire Lezama de Santana do Livramento ficou no segundo lugar e a “Ava Gardner dos pampas” levou o Miss RG do Sul e de quebra o Miss Brasil. Maria José Cardoso fez sucesso em Long Beach mas os jurados esnobaram as latinas. Argentina, Brasil, Cuba, Mexico, Peru e Venezuela ficaram de fora das top 5. Estados Unidos, Alemanha, Suécia, Inglaterra e Italia encabeçaram as primeiras posições. Pelo menos Maria José se tornou a primeira de muitas gaúchas Miss Brasil!


1957 – O concurso se enche de pompa e circunstância. Associação Leopoldina Juvenil – Porto Alegre. O concurso aconteceu no coração aristocrata da cidade. 14 candidatas participaram, e Lagoa Vermelha desistiu. Seis semi finalistas: Bagé, Carazinho, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santana do Livramento.
Pelotas com toda a sua tradição termina no terceiro posto com Maria Thereza Aguiar Cotta, Santana do Livramento fica de vice novamente com Myriam Cassales Ghem e novamente uma porto-alegrense leva o Miss RGS: Sandra Hervé. Sandra, com ares de diva italiana, filha da mais fina flor da sociedade, se prepara como nunca para o Miss Brasil: roupas das melhores casas da moda, chapéus, bolsas e frasqueiras! Ela volta com o terceiro lugar, perde apenas para Minas Gerais (Maria Dorotéia Antunes Neto) e a futura vice Miss Universo Terezinha Morango do Amazonas. Sandra que pintou o cabelo um dia antes do Miss Brasil e teve que desfazer a pintura (a organização não aceitava artifícios) se tornou um dos ícones da sociedade se casando com um membro das famílias mais tradicionais de Porto Alegre: Chaves Barcellos.

1958 – O concurso viajou para o interior e acontece no dia 14 de julho no Clube Caixeiral de Santa Maria. 20 municípios se fizeram presente destacando a própria anfitriã (Ecilda Lima), Miss Porto Alegre (Maria Elenita Kotlinsky), Miss São Borja (Mariza O’Donnell) e a própria vencedora – a pelotense Tânia Maria Santos de Oliveira. A beleza morena de Tânia traduz uma tradição de vitoriosas da aristocrática cidade da Região Sul do Estado. Pelotas sempre foi uma cidade cultural e intelectual e sempre teve a tradição de ter as mais belas vitrines do estado e as mais belas mulheres em suas avenidas. Tânia inexplicavelmente não foi top 5 no Miss Brasil e isso se deve ao excelente nível de candidatas.
1959 – O Concurso foi para Bagé (Clube Comercial) e três candidatas não conseguiram ir disputar: Lagoa Vermelha novamente, Santa Cruz do Sul e Caxias do Sul que concorreria em 1960 com a mesma candidata. 17 cidades se apresentaram, muitas da Região Sul do estado ou da Campanha. Porto Alegre se fez presente com Esther Lerrer. Pelotas e Rio Grande se fizeram presente com duas socialites : Maria Júlia Ferraz e Marlene Mâncio, respectivamente. Guaíba (cidade vizinha de Porto Alegre) vence o concurso com Maria Otilia do Carmo Rodrigues com seu rosto perfeito. Maria Otilia foi a Miss Simpatia do Miss Brasil mas não conseguiu chegar ao rol das finalistas.

NÃO PERCA OS ANOS 60 AMANHÃ - YES NÓS TEMOS MISS UNIVERSO

[ Post a Reply to This Message ]

Replies:
QUE TEXTO PRIMOROSO, ARTHUR.....PARABÉNS ! AGUARDAMOS GRANDE ENFASE NOS ANOS 60...VERA BRAUNER , IEDISSIMA , CLARA SFOGGIA , TANIA LUPPI ....VIVA AS GAUCHAS ! -- JOAO RICARDO, 21:26:25 09/30/01 Sun
Maravilhoso Arthur, parabens!! -- Henrique, 21:34:30 09/30/01 Sun
Arthur, vc é o máximo, parabéns! -- Eduardo Almeida, 22:22:39 09/30/01 Sun
Arthur, como sempre, muito bom! As gaúchas merecem. Um abraço (NT) -- Dil, 22:59:58 09/30/01 Sun
Re: MISS RIO GRANDE DO SUL ANOS 50 - QUANDO TUDO COMEÇOU! -- Luiz Ricardo, 23:05:31 09/30/01 Sun
Muito Obrigado pelas palavras de afeto! Vocês não imaginam a delícia que é voltar ao passado! Folhando na Manchete de Rejane Vieira da Costa chorei! Foi meu primeiro concurso! Lembrava de cada roupa, de cada foto! Lembre da minha casa, nossa família torcendo por Rejane ! Tinha 8 anos! Lembro de correr na banca pra ver aquela deusa! Algo fora de nosso alcance! Escrever no mbmb é um sonho concretizado depois de quase 30 anos!!!! Os parabéns são para todos nós que temos este espaço tão importante e criativo e que não podemos deixar morrer!!!Abraços! -- Arthur, 21:44:07 10/01/01 Mon
O povo alegre que canta que dança, iuúúúú, está no Rio Grande do Sul. O churrasco ,o mate o vinho gostoso, iuúúúú, est;á no Rio Grande do Sul. O rio Guaiba, que vê não esquesce jamais. LEMBRAM DESSE JINGLE? -- Eduardo Gudião., 22:29:32 10/01/01 Mon


MISS RIO GRANDE DO SUL II - ANOS 60, YES NÓS TEMOS MISS UNIVERSO! E MISSES PRA DAR E VENDER!

Date Posted: 12:48:10 10/01/01 Mon



1960 – Em 1960 acontece um fato curioso. A Miss Porto Alegre é eleita horas antes da nova Miss Rio Grande do Sul. Suzana Tubbs da Sociedade Gondoleiros venceu o Miss Porto Alegre e horas mais tarde desfila no Grêmio Náutico União com mais 15 candidatas. Marcelino Ramos e Santa Cruz do Sul não participaram. Guaíba quer o bi com Dione Ennes, Santana do Livramento traz a prima da vice Miss RGS 1957 com Maria Luiza Cassales Kuth, Caxias do Sul é representado pela bela Marlowa Ferreira. Pelotas leva sua segunda coroa com a belíssima Edda Logges. Edda, com ares de Grace Kelly, simbolizava a elegância de nossas Misses. Era nossa esperança para o M.U, ou pelo menos no M.W ou o recém criado M.I! Edda fica apenas no 5º lugar, atrás de Gina MacPherson (GB), Magda Pfrimer (BR), Maria Edilene Torreão (PE) e Mercedes von Glehn (MG). O jeito é esperar....

Miss Logges em sua foto de swimsuit

1961 – O concurso foi realizado no belo Teatro Guarani de Pelotas e se torna uma tradição ser sede o município da última Miss escolhida. 13 cidades concorreram com as desistências de Cruz Alta, Ijui e Passo Fundo. Se o Miss RGS é um concurso de inverno, um concurso de verão começa a fazer sucesso pelo estado – Rainha das Piscinas do RGS. Na quarta edição (1953-1955-1960-1961), a vencedora de 1960 (Ilda Helena Pretto) representou a sua cidade (Santa Maria) em Pelotas. Porto Alegre foi representado por Maria Helena Rudiger ! Não tinha pra ninguém, deu dobradinha pelotense e Vera Maria Brauner Menezes arrebata os juízes e leva o Miss RGS. Vera, com sua classe, fica em vice Miss Brasil, atrás de Stael Abelha de Minas Gerais. Vai a Long Beach e fica de vice de Stanny Van Baer da Holanda no Miss Beleza Internacional. Acaba se tornando Miss Brasil pela desistência de Stael e passa a faixa para Maria Olivia.

Gaúcha de bahiana???

1962 – Em 1962 o concurso voltou para Porto Alegre (Petrópole TC) e de 21 inscritas, apenas 17 comparecem. A Miss Porto Alegre foi novamente escolhida no dia da Miss RGS e a vitoriosa foi Ana Maria Silveira. Pelotas quer o tri com Ada Regina Fetter. Miss Jaguarão leva pela primeira vez o título estadual (vencendo novamente em 1978) com Eva Maria Arismende Maia. Eva chegou ao 4º lugar no Maracanazinho, perdendo apenas para as Misses Bahia (Maria Olivia Cavalcanti), São Paulo (Julieta Strauss) e Guanabara (Vera Lucia Saba). Um fato curioso é a presença da fashion model Georgia Quental representando o RG do Norte e ficando apenas na 7a posição.

1963 – Em 1962, uma bela morena vence o Rainha das Piscinas do RGS representando o Cantegril Country Club de Porto Alegre. Seu nome – Ieda Maria Vargas. Título entregue, o clube a inscreve no Miss Porto Alegre 1963. Ela vence fácil! O Concurso de 1963 aconteceu no Clube dos Atiradores de Novo Hamburgo. Jaguarão e Santa Bárbara do Sul desisitiram. 18 municípios participam. A vencedora se torna um ícone de beleza! Ieda venceu todos os concursos que participou, foi ao Rio como Miss RGS e não aceitou desfilar de prenda. Desfilou de gaúcho e arrasou! Miami? Quis desfilar de gaúcho novamente e Venceu! Ieda se tornou numa das mais queridas M.U de toda história. Viajou por todos os recantos do país, por onde passava era perseguida por uma multidão. As cidades paravam para vê-la; foi modelo, apresentadora de televisão, empresária, jurada em centenas de concursos. O mundo tinha uma nova M.U, o Brasil desencantava, o Rio Grande do Sul se orgulhava!

Beleza com Psicodelismo!

1964 – Todas as mulheres queriam ser Miss. Mas os jurados passaram pela síndrome da vencedora. Elegeram várias Misses seguidas parecidas com Ieda. Infelizmente, nenhuma a sua altura! Em 1964, Porto Alegre sedia os Jogos Olímpicos Universitários e o Ginásio da Brigada Militar recém inaugurado serve de cenário para a Miss Universo passar a faixa estadual. 20 municípios se inscrevem e a Rainha das Piscinas de 1963 (Iara Bernd) se inscreve por Novo Hamburgo. Das 20 são chamadas seis finalistas: Cachoeira do Sul, Montenegro, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Rosário do Sul e São Leopoldo. Iara acaba em 5º lugar sob o olhar atônito da platéia, Mariza Homrich leva para Cachoeira do Sul o 4º lugar, Mariza Flores de São Leopoldo fica em 3º, Eleonora Souza Leitão de Porto Alegre fica em vice e Rosa Maria Gallas de Montenegro se consagra como nova Miss RGS. Rosa consegue o 7º lugar no Miss Brasil.

1965 – 37 candidatas se inscrevem e o concurso acontece nos Salões da FENAC em Novo Hamburgo, durante a Feira. As misses servem de modelo para os sapatos expostos. Um luxo! Miss Uruguaiana é franca favorita! Irene Modesto Almeida nasceu no RIO e foi menina para a fronteira com a Argentina onde seu pai era militar. Com um gingado no andar mas um pouco tímida, Irene era a melhor escolha para o Miss Brasil. Entre as concorrentes a futura atriz Marlise Saueressig representando Campo Bom! Não há semi finalistas e apenas 5 finalistas são chamadas: Sandra Beatriz Tavares fica no 5º posto, Ione Endres de Lajeado no 4º, Cecília Abbott de Bagé em 3º, Uruguaiana fica de vice e Tânia Maria Lupi de Porto Alegre é a nova Miss RGS. Tânia não ficou entre as semi finalistas e usou um dos mais esquisitos vestidos da história do Miss Brasil!

1966 – O concurso foi realizado na Sociedade Rio Branco de Cachoeira do Sul. 41 candidatas se apresentaram e desse grupo saiu 15 semi finalistas: Alegrete e Itaqui da fronteira; Santo ângelo, Cruz Alta, Pejuçara das Missões; Garibaldi e Vacaria da Serra; Pelotas e Rio Grande do Sul; Marau do Norte; Montenegro do Vale, Cachoeira do Sul do centro; Novo Hamburgo, São Leopoldo e Porto Alegre da Área Metropolitana. Em 5º lugar ficou Elizabeth Baldwin de São Leopoldo, 4º Maria Aparecida Barros de Cachoeira do Sul, 3º Jussara Toscani de Santo Ângelo, 2º Maria Beatriz Nunes de Montenegro e Clara Eunice Grohmann (hoje Sfoggia) de Porto Alegre é a nova Miss RGS. Clara ficou entre as semi finalistas do Miss Brasil 1966.

1967 – Em 1967 o concurso de Miss RG do Sul foi para o tradicional clube de São Leopoldo (Sociedade Orpheu). 38 candidatas se apresentaram e a Miss Porto Alegre era uma das favoritas. Sônia Leite Martins foi Rainha das Piscinas do RGS. 15 candidatas foram selecionadas: Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Canoas, Dom Pedrito, Marau, Montenegro, Osório, Quarai, Passo Fundo, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, São Borja, São Leopoldo e Tapera. Maria Lucca Dib de Passo Fundo terminou em 5º lugar, Sônia Leite Martins de Porto Alegre no 4º lugar, Clarice Weber no 3º lugar, Shelka Coimbra de vice e Terezinha Weiss de São Borja (cidade na fronteira com a Argentina) como a nova Miss RG do Sul. Terezinha tinha um corpo maravilhoso mas não ficou entre as semi finalistas do Miss Brasil.

1968 – Em 1968 o concurso retorna para o ginásio do GN União de Porto Alegre. A Miss Porto Alegre também vinha do RP do RGS: Maria Dorália Pinheiro Saldanha. 35 candidatas e 15 semi finalistas: Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, Erechim, Estrela, Novo Hamburgo, Osório, Passo Fundo, Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo, Santa Maria, Santo Ângelo, São Leopoldo e Tramandai. A porto-alegrense ficou no 5º lugar, Anely Fuchs de Estrela ficou no 4º lugar, Roseli Dubal de Osório ficou no 3º lugar, Celi Dias da Costa de Novo Hamburgo ficou em vice e Elizabeth Finardi levou para Passo Fundo o Miss RGS. Elizabeth também não foi semi finalista no Miss Brasil mas era uma morena muito bonita.

MAS BAH TCHÊ!

1969 – Estávamos felizes com nossa segunda M.U! 38 candidatas foram ao Ginásio da Efrica em Passo Fundo! 15 semi finalistas foram chamadas: Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cruz Alta, Ibirubá, Lajeado, Montenegro, Osório, Passo Fundo, Porto Alegre, Rio Pardo, Santana do Livramento, São Gabriel, São Leopoldo, Tupanciretã e Viamão. Angela Rodrigues da Silva que foi RP do RGS ficou em 5º lugar por São Gabriel, Rejane Schuch ficou no 4º lugar representando Passo Fundo, Jussara Terezinha da Silva ficou em 3º por Montenegro, o vice foi para Lajeado com Isoldi Bergesch e o Miss RGS foi para a ex-Rainha da Festa da Uva (Caxias do Sul) Ana Cristina Rodrigues. Ana Cristina foi 3a colocada no RIO e representou o Brasil no MBI!

AMANHÃ NÃO PERCAM - ANOS 70 DECADENCE AVEC ELEGANCE!!!!

[ Post a Reply to This Message ]

Replies:
Re: MISS RIO GRANDE DO SUL II - ANOS 60, YES NÓS TEMOS MISS UNIVERSO! E MISSES PRA DAR E VENDER! -- Luiz Ricardo, 13:19:33 10/01/01 Mon
Que delícia! Parabéns, Artur. (NT) -- Carlos, 23:08:06 10/01/01 Mon
Arthur: o texto está ótimo. Só fostes muito bonzinho com a Tânia Lupe. Ela conseguiu ser a candidata mais pesada do concurso e o vestido era medonho....os bordados pareciam rodelas de abacaxi com uma cereja no meio! PARABENS! (NT) -- BETO, 00:18:45 10/02/01 Tue

MISS RIO GRANDE DO SUL III - DECADENCE AVEC ELEGANCE, CHARM , BEAUTÉ

Date Posted: 11:49:42 10/02/01 Tue



Os anos 70 se caracterizaram pela decadência do Miss Brasil e também dos concursos estaduais. O Miss RG do Sul aumentou o número de candidatas mas foi para o interior do Estado. Os prêmios diminuíram e os shows foram um caso (ou caos) a parte.

1970 – O Concurso foi para Caxias do Sul, nos salões do pavilhão da Festa da Uva. 42 candidatasse apresentaram ficando entre as 15 as seguintes cidades: Bagé, Cachoeira do Sul, Caxias do Sul, Guaporé, Lajeado, Osório, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santana do Livramento, Santo Ângelo, Santo Antônio da Patrulha, São Leopoldo, Sobradinho e Vacaria. O 5º lugar veio para Porto Alegre com Jane Fraga, o 4º para Osório com Lisete Rolim, 3º para Guaporé com Aglaé Schultz, o vice para Caxias do Sul com Teonila Alessi e o Miss RGS foi para Lajeado com Maria Bernadete Heemann. Bernadete, morena, muito elegante ficou em 4º lugar no Miss Brasil. Nesse ano, o Brasil não enviou candidatas a Tóquio (MBI) e Maria Bernadete representou o Brasil nesse certame em 1971.

1971 – O concurso foi para Lajeado, no pavilhão da Fenal com 44 candidatas. Bagé, Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Frederico Westphalen, Jaguarão, Lajeado, Montenegro, Porto Alegre, Quarai, Rio Grande, São Jerônimo, Santa Maria, Tapes, Taquari e Triunfo entre as semi finalistas. Foram escolhidas 3 princesas e a Miss RGS: 3º - Lajeado com Iraiacê de Menezes, 2º Jaguarão com Rosalinda Jorge, 1º com Cachoeira do Sul com Angela Dahlem da Rosa e a Miss RGS foi Maria Alice Correa Rezende de Bagé. Maria Alice não conseguiu ser semi finalista no Miss Brasil.

1972- Como de praxe, o concurso foi para a cidade da Miss RGS. Bagé sediou o evento no Clube do Comércio com 33 participantes. Porto Alegre enviou a Rainha das Piscinas de 1970 : Iara Maria Guichard. Pelotas enviou a Rainha das Piscinas do EC Cruzeiro 1969 – Rejane Vieira da Costa. 15 foram escolhidas: Bagé, Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Carazinho, Caxias do Sul, Jaguarão, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santo Ângelo, São Borja e São Sebastião do Cai. Foram escolhidas 3 finalistas: Porto Alegre em 3º, Bagé com Saionara Rodrigues Rogina em 2º e Rejane de Pelotas em 1º. Rejane venceu o Miss Brasil e chegou a vice no M.U em Porto Rico. Dizem que a falta do inglês e pouco estudo lhe tiraram a coroa. Quem vê o concurso constata que ela foi muito bem nas entrevistas e que ela e Australia estavam tecnicamente empatadas. Rejane se tornou modelo e atriz com relativo sucesso.


Há pessoas que dizem que ela é a mais bela Miss Brasil da história! Será?

1973 – O Miss RGS foi para o Ginásio do Grêmio FBPA e além da Miss Simpatia foi escolhida a melhor torcida. Ângela Rodrigues da Silva que tinha sido RP do RGS e Princesa no Miss RGS no final dos anos 60 volta ao Miss RGS como Miss Bagé. São escolhidas as seguintes semi finalistas: Bagé, Caxias do Sul, Estrela, Garibaldi, Gramado, Gravatai, Herval, Lajeado, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo, Santa Maria, São Leopoldo e Taquara. O 4º lugar foi para a caxiense Ana Mery Pratavieira, o 3º foi para Pelotas com Inez Ferreira Fonseca, o vice para Bagé com Ângela e a Miss RGS foi para Porto Alegre com a bela Denise Cezimbra. Denise chegou ao 4º lugar no Miss Brasil.


Entre tantos vestidos azuis e estilo polvo, um p/b é fundamental!

1974 – Nesse ano o concurso inaugurou o Gigantinho, Ginásio do SC Internacional. O clube indicou uma representante para o Miss Porto Alegre e foi vencedor. Janeta Eleomara Hoeveler concorreu com mais 32 candidatas e venceu. Sua vice foi a Miss Gramado (Lêda Michaelsen) em 3º ficou Frederico Westphalen (Cleci Oleziar) e em 4º ficou Santa Maria com Vera Zimmermann. As semi finalistas foram Bagé, Caçapava do Sul, Cachoeira do Sul, Canguçu, Caxias do Sul, Cruz Alta, Jaguarão, Pedro Osório, Santana do Livramento, Santo Ângelo e Tupanciretã. Janeta causou polêmica ao desfilar de camponesa alemã no Miss Brasil. Setores tradicionalistas ficaram indignados por ela não ter usado o traje de gaúcho. Ela foi a vice de Sandra de Oliveira (SP) e foi ao MBI. Em 1975 entregou a coroa a nova Miss Brasil por que a paulista renunciou na sua volta de Manila. Janeta se tornou modelo e foi esposa do ex - Presidente do Banrisul – Ricardo Russowsky.

1975- O concurso voltou para Caxias do Sul e 47 candidatas se apresentaram. Jane Bezerra, modelo profissional e representando Porto Alegre, foi a escolhida. Sua vice foi Debora Monti de Santa Maria , em 3º ficou Ana Lúcia Rosa de Bagé e em 4º Nair Marcelino da Silva de Bento Gonçalves. Entre as semi finalistas ficaram Cachoeira do Sul, Canoas, Caxias do Sul, Cruz Alta, Garibaldi, Itaqui, Montenegro, Pelotas, Santana do Livramento, Torres e Viamão. Jane foi esnobada no Miss Brasil mas se tornou uma das maiores modelos brasileiras da década!


Jane Bezerra em 2001 com corpinho de 1975!

1976 – O concurso aconteceu num Ginásio na cidade portuária do Rio Grande. A vice Rainha das Piscinas do RGS 1975 venceu o concurso representando Estrela (Anne Lee Elizabeth Horst). Sua vice foi a porto-alegrense Maria da Graça Simon Castagna (do Teresópolis TC), em 3º ficou miss Santiago - Claire Viana e em 4º Rio Grande com Carmencita de Pinho. Alvorada, Bagé, Canoas, Caxias do Sul, Dois Irmãos, Flores da Cunha, Gravatai, Pelotas, Santa Maria, Tramandai e Uurguaiana foram semi finalistas. Anne que foi uma das mais belas Misses RGS mas só ficou entre as semi finalistas em Brasilia.

1977 – O concurso foi para Bagé e Madalena Sbaraini, representando Porto Alegre, foi a vencedora. A vice RP do RGS 1977 representando São Leopoldo (Marcia Fumagalli) ficou em segundo. Márcia era belíssima e muito comunicativa. Hoje ela trabalha na TVE do Rio de Janeiro. 3º ficou com São Borja (Lilyan Halim) e em 4º ficou com Bagé (Rejane Costa). Entre as semi finalistas ficaram Cachoeirinha, Canoas, Caxias do Sul, Dom Pedrito, Erechim, Guaiba, Rosario do Sul, Santa Maria, Santana do Livramento, São Lourenço do Sul e São Sepé. Madalena foi um sucesso no Miss Brasil e ficou em 2º lugar. Foi a mais votada na história do MW e chegou no 4º posto. Um fato curioso é que a Miss Passo Fundo 1977 era uma negra que foi proibida de ir ao Miss RGS. Ela foi substituiuda por sua vice não chegou as semi finalistas.

1978 – O concurso foi realizado em Bento Gonçalves, na serra gaúcha! 40 cidades participaram. Jaguarão vence pela segunda vez com a bela Silvia Porciuncula. Sua vice foi Garibaldi com Ana Beatriz Peterlongo, Porto Alegre ficou em 3º com Carmen Lucia Cruz e em 4º Bento Gonçalves com Estela Fasolo. Entre as semi finalistas ficaram Arroio Grande, Canoas, Giruá, Herval, Passo Fundo, Rio Grande, Santa Maria, Santo Ângelo, São Jerônimo, Tramandai e Viamão.
Silvia foi semi finalista em Brasilia e a representante da capital federal era uma modelo de Porto Alegre: Tanara Bier que já havia tentado o Miss Porto Alegre. Ela ficou em 4º lugar.


Silvia em 1979 com Misses Pelotas (esq) e Porto Alegre (dir) ao fundo!

1979 – O último Miss RGS dos Diários Associados e da Rede Tupi de Televisão foi para Bagé. As finalistas foram provenientes de cidades do sul do estado e da campanha. A Miss RGS foi da pequena Pinheiro Machado (Marlene Petterle da Rosa), sua vice foi Miss Pelotas (Carmen Lorea Mattar – vice Rainha das Piscinas de 1980), 3º foi Alegrete com Cynthia Schmidt e Bagé ficou em 4º com Norma Guedes Marcos.
Entre as semi finalistas ficaram Canoas, Dom Pedrito, Encruzilhada do Sul, Estrela, Marau, Osório, Porto Alegre, Santa Maria, Santana do Livramento, São Jerônimo e São Leopoldo. Marlene foi semi finalista em Brasilia.

NÃO PERCA AMANHÃ OS ANOS 80 - SENHOR SORRISO INVESTE NAS GAÚCHAS!

[ Post a Reply to This Message ]

Replies:
Re: MISS RIO GRANDE DO SUL III - DECADENCE AVEC ELEGANCE, CHARM , BEAUTÉ -- Luiz Ricardo, 12:59:41 10/02/01 Tue



MISS RIO GRANDE DO SUL IV - AS GAÚCHAS CONQUISTAM SS!


Date Posted: 22:07:41 10/02/01 Tue

Em virtude de alguns contratempos estou colocando os anos 80 hoje a noite e terminarei com a retrospectiva RGS amanhã a noite!Desde já, muito obrigado!

As Misses da década de 80 vieram preferencialmente do Rainha das Piscinas. O concurso terminou em 1984 mas influenciou toda a década. Se Brasilia preteriu as gaúchas nos anos 70, o Anhembi foi generoso com as gaúchas. O concurso era escolhido nos estúdios do SBT em São Paulo com uma audiência enorme. Infelizmente só vencemos em 1986.

1980 – A gaúcha não foi escolhida. Era uma candidata biônica. Adriana Zselinsky foi uma ótima escolha, talvez a melhor em muitos anos. Vice RP do RGS em 1979, ela ficou empatada naquele concurso com outra Adriana (Alves de Oliveira). Adalgisa Colombo, presidente do juri, deu o voto de minerva para a loira da SOGIPA. Adriana, a Zselinsky, era uma das melhores candidatas ao Miss Brasil 80. Ela ficou no 4º lugar ! Uma pena que não foi mandada para lugar algum. Se fixou em São Paulo e 21 anos depois segue na carreira de modelo na TV e nas revistas e está ainda mais linda e exuberante!


Beleza aos 40 na Revista Caras de agosto de 2001!

1981 – Outra Miss Biônica! 2a Princesa do RP do RGS 1980, Isabel Tesch Domenech foi ao primeiro Miss Brasil da era SS. Ela não ficou entre as doze mas todos os gaúchos torceram para a Miss RJ (Adriana Alves de Oliveira). Adriana se fixara no RIO quando foi convidada para ser Miss Niterói. Ela ligou para Porto Alegre e perguntou se alguém tinha cogitado no seu nome para ser Miss RGS. Foi Miss Brasil, 4º no M.U (só não ficou melhor por falta de preparo) e foi a única Miss Brasil Universo presente no MW (1984) onde ficou em 6º lugar.
Sua vice no Miss Brasil também era gaúcha mas representou o Amazonas (Adriana Barcellos).

1982 – O RGS indicou a RP do Lindóia TC para representar os gaúchos no Miss Brasil. Patricia Silveira Melo foi muito simpática em todas as suas aparições e chegou ao 6º lugar. Para o Miss Mundo Brasil e Beleza Internacional a escolhida foi Crislaine Indruweit (vice Rainha das Piscinas por Esteio).

1983 – O SBT promoveu o primeiro Miss RGS, talvez o melhor da história. Muitas RP disputando: Debora Zelanis, Jose Campos, Maria Lucia Custuroni, Roseli Zigmundo, Sandra Schaeffer, Simone Maciel da Silva, Andrea de Moura, Katia Faria, e as finalistas: Rejane Haiden, Izabel Cristina da Costa, Fernanda Soares e Janice Pilau. Rejane que foi 3º lugar no RP do RGS 1982 representado a praia do cassino (Rio Grande) acabou em 3º lugar no Miss Brasil. A Miss RGS mundo foi Elaine Lopes (foi 3o lugar).

1984 – Adriana Lohmann, Maria Tereza Nardini, Madeleine Muller, Crislaine Indruweit, Cristiane Wellausen, Diana Szortika, Simone Brizola de Quadros e Simone Mansur também vinham do Rainha das Piscinas. Diana e Cristiane terminaram empatadas e o título acabou indo para Cristiane Welausen. Loira, muito simpática, fez merchandising para a fábrica de cosméticos do pai e acabou no 5º lugar. O RGS enviou 3 candidatas para o Miss Brasil Mundo: Adriana Alves de Oliveira, Diana e Juliana Szortika.


Cris tem fãs espalhados por todo o Brasil

1985 – A pelotense Andrea Fetter Zambrano foi escolhida como a Miss RGS 1985. Mais tarde ela foi modelo em São Paulo e atriz, Andrea venceu Graziela de Moraes, Leila Bittencourt, Lisiane Wink , entre outras. Andrea também foi a 5a colocada. Adriana Lohmann e Fernanda Soares concorreram ao Miss Mundo Brasil e Leila Bittencourt foi a vencedora. Simone Mansur foi 3ra colocada no Miss Brasil BI.


Uma das muitas pelotenses Miss RGS!

1986 – Uma mulata causou polêmica ao ganhar o Rainha das Piscinas do RGS de 1984. Seu nome: Deise Nunes de Souza. Em 1986 ela venceu por unanimidade o Miss RGS. Sua maior oponente no Miss Brasil era a paulista mas venceu com folga. Foi ao Panama e chegou na sexta colocação do M.U. Até hoje é a única negra Miss Brasil Universo. Apresentadora, modelo, mulher de sociedade, adicionou o sobrenome Ferst ao seu e segue sendo um padrão de beleza nacional. Karen Dias e Alexandra Henckel concorreram ao Miss Mundo Brasil. Katia Faria foi a Miss Brasil BI.


Por ironia do destino, nossa única Miss Brasil negra é gaúcha!


1987 - A vencedora no programa SS foi Claudia Alves Jardim. Ela chegou no 4º lugar, atrás de Brasilia, Goiás e Minas Gerais. Ana Márcia Moura concorreu ao Miss Mundo Brasil. Fernanda Soares foi a Miss Brasil BI.

1988 – O concurso foi em Porto Alegre e a representante do Partenon TC (POA) – Denise São João foi a escolhida. O concurso de Miss Brasil mudou de formato naquele ano. As notas das candidatas não foram mostradas e só houve três finalistas. Denise foi semi finalista. Leila Bittencourt foi vice Miss Brasil BI.

1989 – Ceres Sessim Ribeiro foi a escolhida dos gaúchos. Com um nariz um pouco grande mas com um corpo fantástico, Ceres obteve as maiores notas em todas as competições do Miss Brasil. Acabou em 3º lugar, atrás de Ceará e São Paulo. O SBT não televisionou o Miss Universo e não escolheu Miss Brasil em 1990.

NÃO PERCA AMANHÃ O FECHAMENTO DE NOSSA RETROSPECTIVA: 3 MISSES BRASIL EM 9 ANOS E O CONCURSO VAI PARA A RBS TV!


MISS RIO GRANDE DO SUL V - DO OSTRACISMO AO RETORNO PELA MAIOR REDE DE TV DO ESTADO!


Date Posted: 19:28:49 10/03/01 Wed


1990 - O RGS não escolheu sua Miss. Ceres Sessim Ribeiro foi vice Miss Brasil BI.

1991 – O RGS escolheu duas representantes ao Miss Brasil que teve 10 candidatas: Gisselle Weber de Porto Alegre e Cátia Kupssinski de São Leopoldo. Gisselle acabou em vice e Cátia no 3º lugar. Lisiane Braile foi a Miss Brasil Intl.


Gisselle como princesa das piscinas do RGS em 1989!

1992 – O concurso foi para São Leopoldo com 39 candidatas. A vencedora foi para Juliana Wulfing de Estrela. Sua vice foi a Miss Porto Alegre - Karen Matzembacher (coelhinha de PLAYBOY e esposa do jogador Jardel) e em 3º Faxinal do Soturno com Sandra Ávila. As semi finalistas foram Canela, Caxias do Sul, Esteio, Gramado, Gravatai, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santiago, Santo Ângelo, São Leopoldo, Sapucaia do Sul e Uruguaiana. Juliana foi top 12 no Miss Brasil no Olympia em São Paulo.

1993 – Leila Schuster foi indicada ao M.U! A mais preparada Miss Brasil desde Adalgisa Colombo. Leila , que era natural de Cachoeirinha, foi a 1a colocada nas preliminares no Mexico mas acabou no 7º lugar.
Em Esteio foi escolhida a Miss RGS que acabou indo para o Miss Brasil Beleza Intl. 42 candidatas compareceram e Alessandra Bonotto de Porto Alegre foi a vitoriosa. Suas princesas foram Fabiane Herdina de São Martinho da Serra e Mariana Galeazzi de São Luiz Gonzaga. Fechando as top 10 ficaram: Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Canoas, Carazinho, Encantado, Esteio e São Leopoldo. Alessandra foi 3o no Miss Brasil BI.


Leila para alguns foi um engano, para outros foi uma grande Miss Brasil!

1994 – O concurso foi realizado no Clube Comercial de Carazinho. 22 cidades participaram com a vitória de Tatiane Possebon de Canoas. Elisângela Hesse de Santo Ângelo e Luciana Larrosa de Santa Maria foram suas princesas. As semi finalistas foram: Bento Gonçalves, Carazinho, Imbé, Novo Hamburgo, Pelotas, Porto Alegre e São Leopoldo. Tatiane foi top 12 no Miss Brasil, no Scala. Elisangela Hesse foi SF no Miss Brasil BI.

1995 – 35 candidatas foram ao Hotel Serrano em Gramado. Patricia Kuhn Ávila de Porto Alegre foi a vitoriosa. Kellen Caldas de Santa Maria foi a vice e Graziela Schaeffer de Carazinho ficou em 3º lugar. Cachoeirinha, Canoas, Praia do Cassino, Gramado, Guaiba, Novo Hamburgo, São Leopoldo, São Luiz Gonzaga e Taquara fecharam as top12. Por causa de uma briga entre a coordenação do Miss Brasil e do Miss RGS, Patrícia não representou seu estado no Scala, sendo substituída por uma candidata carioca e biônica. No Miss Mundo Brasil, Paula Simon foi semi finalista!

1996 – O concurso voltou para Carazinho com 21 candidatas. Não houve chamada de semi finalistas. A 3a colocada foi de Julio de Castilhos (Brenda Oliveira), vice Miss RGS foi a santa mariense Patricia Ferigollo (que foi Miss Brasil Globo) e Karine Bauer de Santo Ângelo foi a Miss RGS. Ela foi top 12 no Miss Brasil.

1997 – 16 candidatas foram ao Clube Gaúcho de Santo Ângelo. Isabel Wexel de Santo Ângelo ficou em 3º lugar, Carla Cunha da Silva de Santa Maria ficou em 2o e Aline Riquinho dos Santos de Porto Alegre foi a Miss RGS. Aline foi a Teresina mas não figurou entre as top 12 do Miss Brasil.

1998 – Um dos concursos mais badalados da história do Miss RGS, foi feito no Hangar da Varig no Aeroporto Salgado Filho. 48 cidades participaram: Luizeani Altenhofen (de Capão da Canoa) foi escolhida Miss RGS, sua vice foi Karen Kohler (São Martinho do Sul) e atual miss Santa Maria e em 3o Vanessa Binotto de Santa Maria. Gravatai, Santa Cruz do Sul e Torres ficaram de finalistas e Canela, Cruz Alta, Nova Petrópolis, Porto Alegre, Rio Pardo e Taquari como semi finalistas. Luize ficou em 3º no Miss Brasil mas não foi a Tóquio. Hoje ela é uma das modelos mais vistas em comerciais no Brasil!


Luize quando foi princesa do Garota Verão por Cruz Alta!

1999 – O concurso de 1999 foi no teatro da Ospa em Porto Alegre. 59 candidatas paerticiparam. 15 semi finalistas: Atlântida, Cachoeira do Sul, Campo Bom, Caxias do Sul, Erechim, Gramado, Gravatai, Montenegro, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Salinas, Santa Maria (Karen Kohler novamente), Santo Ângelo, São Borja e Vera Cruz. Adriana Marimon de Gravatai foi a 3a colocada, Sulie Richter de Cachoeira do Sul foi a vice e Renata Fan de Santo Ângelo foi a vencedora. Renata foi a Miss Brasil e Miss Universitária Mundo!


Particularmente gosto muito dessa foto e Renata representou muito bem nosso país!

2000 – O Concurso vai para a RBS TV, filiada da Rede Globo no sul do país. 60 candidatas concorrem ao título de Renata Fan. Ex Misses são homenageadas: Ieda Vargas, Rejane Vieira da Costa e Deise Nunes. 10 candidatas são chamadas entre as semi finalistas: Canoas, Caxias do Sul, Ijui, Lajeado, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo, São Borja e São Luiz Gonzaga. Ana Paula Quinot (Lajeado) terminou no 3º lugar, Aline Scotti de Almeida (Santa Maria) foi a vice e Maria Fernanda Schiavo (Ijui) foi a vencedora. Fernanda usou um vestido ousado no Miss Brasil e terminou no 3º lugar. Representou o Brasil em Tóquio no ano passado.

2001 – Foram 64 cidades. Passam para o seleto grupo de top 10 as seguintes cidades em ordem de notas: Uruguaiana, Passo Fundo, Porto Alegre, Três de Maio, Canoas, Santo Ângelo, Santa Maria, Jaguarão, Novo Hamburgo e Pelotas. Juliana Borges que estava em 7º termina como Miss RGS, suas runner ups foram: Três de Maio (Juliane Maier), Uruguaiana (Cibele Zubiaurre), Passo Fundo (Josiane Koswoski) e Porto Alegre (Nadine Dubal). Juliana virou polêmica por causa das plásticas mas se tornou Miss Brasil.


Juliana foi a mais polêmica das Misses Brasil! Para os fãs, uma foto inédita!

Minhas Misses RG do Sul preferidas:

1956 - Maria José Cardoso
1957 - Sandra Hervé
1960 - Edda Logges
1961 - Vera Brauner
1963 - Ieda Maria Vargas
1972 - Rejane Vieira da Costa
1973 - Denise Cezimbra
1975 - Jane Bezerra
1976 - Anne Lee Elizabeth Horst
1977 - Madalena Sbaraini
1978 - Silvia Porciuncula
1980 - Adriana Zselinsky
1985 - Andrea Fetter Zambrano
1986 - Deise Nunes de Souza
1993 - Leila Schuster
1998 - Luizeani Altenhofen
1999 - Renata Fan

QUEM SERÁ A MISS RG DO SUL 2002?

Obrigado pelas mensagens!


[ Post a Reply to This Message ]

Replies:
As Misses Rio Grande do Sul são sempre belíssimas. É difícil não ter uma que não se destaque. São todas umas Deusas ! -- Indy, 11:35:41 10/04/01 Thu

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


Forum timezone: GMT-4
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2017 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.