VoyForums

29/05/17 14:30:36VoyUser Login optional ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123456789 ]
Subject: China decide frear compra de empresas por estrangeiros


Author:
O Povo
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 26/06/07 17:15:25
In reply to: EFE 's message, "China une as duas partes de maior ponte sobre o mar do mundo" on 26/06/07 12:29:43

Em nova demonstração do nacionalismo econômico de Pequim, a China decidiu frear o apetite dos grupos estrangeiros por empresas nacionais consideradas estratégicas. No projeto de lei anti-monopólio, discutido domingo em segunda leitura pelos parlamentares, o governo menciona, pela primeira vez, a intenção de endurecer as regras existentes para a compra de empresas chinesas por grupos estrangeiros, segundo informou ontem a imprensa local.

"Não somente haverá um exame sobre uma eventual posição de monopólio, como também será levada em conta a preservação dos interesses econômicos do país”, indicou o Les Nouvelles de Pequim. “Há pouco tempo, o problema das fusões-aquisições de empresas chinesas por grupos estrangeiros ganhou importância. Os casos da Xugong com a american Carlyle e da Supor com a francesa Seb aumentaram no interior do país as preocupações de inúmeras pessoas”, afirmou o jornal.

As multinacionais procuram cada vez mais estar presentes na China, inclusive, adquirindo empresas do gigante asiático, pois suas performances em uma das economias mais dinâmicas do planeta se refletem com freqüência em sua vitalidade nos mercados de valores.

As fusões-aquisições antes de 2004 representavam menos de 5% de todas as formas de investimentos estrangeiros diretos, 11% em 2004 e cerca de 20% em 2005. Esta presença estrangeira cada vez mais forte, e inclusive no centro do setor bancário, vem provocando desde o ano passado a oposição de alguns industriais e responsáveis oficiais, preocupados de ver as pérolas da economia chinesas caindo nas mãos dos estrangeiros.

Em agosto passado, em comunicado conjunto, seis ministérios indicaram que os investidores deviam solicitar uma autorização ao ministério do Comércio enquanto sua eventual aquisição podia afetar a segurança econômica da nação. Eles devem igualmente obter sinal verde oficial se suas “crias” pertencem a setores estratégicos ou são marcas conhecidas na China.

Setores estratégicos
Em dezembro, o Conselho de Estado (governo) enviou uma lista destes setores, sobre os quais o Estado quer manter controle: produção ligada à indústria militar, eletricidade, petróleo, gás, petroquímica, telecomunicações, aviação civil, carvão e estaleiros. O projeto, que deve ser adotado até sexta-feira, visa incluir esta preocupação na lei.

"Será cada vez mais difícil para o capital estrangeiro entrar na China. Isto reflete uma importante mudança de atitude chinesa com relação aos investimentos estrangeiros”, disse o economista independente Andy Xie, em Xangai. “Além disso, o gigante asiático, que durante muito tempo buscou fundos estrangeiros para sustentar seu crescimento tem, no entanto, como prioridade chegar ao fim de sua abundância de liquidez”, frisou.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


VoyUser Login ] Not required to post.
Post a public reply to this message | Go post a new public message
* HTML allowed in marked fields.
Post Password:
Keep password cookie for 24 hours

Message subject (required):

Name (required):

  Expression (Optional mood/title along with your name) Examples: (happy, sad, The Joyful, etc.) help)

  E-mail address (optional):

* Type your message here:


Notice: Copies of your message may remain on this and other systems on internet. Please be respectful.

[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2016 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.