VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

23/10/19 7:03:45Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123456789 ]
Subject: Investimento directo estrangeiro na China aumentou 12% no primeiro semestre


Author:
Jornal de Negócios
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 14/07/07 23:43:31
In reply to: Fernando Dantas 's message, "´China vai dominar indústrias´, diz economista chinês Dong Tao" on 9/07/07 12:08:22

O investimento directo estrangeiro (IDE) na China aumentou 12% nos primeiros seis meses de 2007, informou hoje o Ministério do Comércio chinês, um aumento que contraria os esforços de Pequim para conter o investimento no país.

No primeiro semestre de 2007, o IDE atingiu os 31,9 mil milhões de dólares (23,15 mil milhões de euros), segundo uma nota que o Ministério do Comércio chinês publicou na sua página na Internet.

O Ministério aprovou, no entanto, menos 5,4% de investidores estrangeiros no primeiro semestre de 2007 do que em igual período do ano anterior, o que representa um total de 18.683 empresas com fundos estrangeiros, segundo os mesmos dados.

As indústrias transformadoras, o imobiliário e os serviços comerciais foram os sectores que mais IDE atraíram entre Janeiro e Junho de 2007, apesar da nova lei do IDE, aprovada no início do ano, ter com objectivo limitar o investimento em activos imobiliários e em projectos de baixos padrões ambientais ou reduzida eficiência energética.

Os baixos custos de produção e a presença num mercado potencial de 1,3 mil milhões de pessoas, com cada vez mais dinheiro para gastar, continuam a ser os maiores factores de crescimento do IDE na China.


A China foi o quarto maior receptor de IDE em 2006, segundo cálculos das Nações Unidas, que referem que as empresas estrangeiras detêm mais de 300 mil fábricas no país.

Os analistas prevêem que até ao final do ano o IDE na China ultrapasse os 60 mil milhões de dólares (43,55 mil milhões de euros), apesar da nova lei fiscal que entrará em vigor a 01 de Janeiro de 2008 aumentar de 15 para 25% os impostos das empresas estrangeiras, enquanto reduz de 33 para 25% a carga fiscal sobre as empresas chinesas.

As principais fontes de IDE na China são Hong Kong, Ilhas Virgens Britânicas, Japão, Coreia do Sul, Singapura e Estados Unidos, sendo certo que no passado o capital que financia este investimento era capital chinês que ia ao estrangeiro e regressava como IDE para beneficiar da redução de impostos.

O IDE tem sido um dos factores para o crescimento das reservas chinesas em moeda estrangeira, que atingem já os 1,33 triliões de dólares (969 mil milhões de dólares), mais de um quinto do total mundial.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Replies:
Subject Author Date
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da China cresceu 4,4% em junhoXinhua21/07/07 7:57:46


Post a message:
This forum requires an account to post.
[ Create Account ]
[ Login ]
[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.