VoyForums
1 CLICK GIVES FREE FOOD!
www.TheHungerSite.com
Protect Habitat with a Click!
www.TheRainforestSite.com
Non-profit ad served by VoyForums...

VoyUser Login optional ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 12345678 ]
Subject: Tudo numa boa.


Author:
"Eu não fui notificado e o meu advogado
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 10/07/09 11:50:40

Fraude na gestão dos CTT
Horta e Costa e Carlos Encarnação constituídos arguidos
08.07.2009 - 07h48 Lusa
O antigo administrador dos CTT, Carlos Horta e Costa, um dos 52 arguidos no processo de alegadas fraudes na gestão dos Correios. Horta e Costa assegurou à agência Lusa não ter sido notificado e desconhecer o teor da proposta de acusação.

Também Carlos Encarnação, presidente da Câmara de Coimbra, foi constituído arguidos no âmbito de uma investigação sobre alegadas fraudes na gestão dos CTT quando Horta e Costa estava à frente da administração da empresa, disse fonte policial.

"Eu não fui notificado e o meu advogado, com quem falei, também não sabia de nada", garantiu o antigo administrador dos CTT.

Em 52 arguidos, "há pelo menos um que não sabe", sublinhou, assegurando que vai "aguardar serenamente" o evoluir do processo. "Tenho a consciência perfeitamente tranquila. Não sei do que é que me acusam e tenho primeiro de o saber para depois decidir como é que vou reagir", concluiu Carlos Horta e Costa, que já rejeitou qualquer acusação de má gestão dos CTT.

A Polícia Judiciária (PJ) concluiu e enviou para o Ministério Público (MP), com proposta de acusação, uma investigação sobre alegadas fraudes na gestão dos CTT.

Fonte da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ adiantou que os factos dizem respeito à administração do período entre 2002 e 2005, presidida por Horta e Costa, e que estão em causa suspeitas de corrupção e outras práticas ilícitas, como administração danosa, tráfico de influência, fraude fiscal, branqueamento de capitais e falsificação de documentos.

Segundo fonte da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ, a investigação deste caso, iniciada em princípios de 2007, incide sobre alegadas práticas ilícitas "associadas a 23 situações irregulares relacionadas com actos de gestão na administração dos CTT", entre elas a venda de um imóvel em Coimbra e outro em Lisboa.

A mesma fonte sublinhou que esta foi uma investigação de "extrema complexidade", devido à quantidade de documentos apreciados e à sua envolvente financeira e negocial, que coloca em causa interesses públicos.

No âmbito da investigação foram executadas 85 buscas a domicílios e a empresas e analisados mais de meio milhar de suportes informáticos.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


VoyUser Login ] Not required to post.
Post a public reply to this message | Go post a new public message
* HTML allowed in marked fields.
Message subject (required):

Name (required):

  Expression (Optional mood/title along with your name) Examples: (happy, sad, The Joyful, etc.) help)

  E-mail address (optional):

* Type your message here:


Notice: Copies of your message may remain on this and other systems on internet. Please be respectful.

[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2017 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.