VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

Login ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 12[3]45678 ]


[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Date Posted: 23:34:24 02/27/03 Thu
Author: marcos56
Subject: Mi nombre es Panama: Miss Universo 1986

12:09:50 02/23/03 Sun
Com a proximidade do Miss Universo 2003 no Panamá nada mais agradável do que relembrar aquele ano de 1986 onde uma digna representante da inteligência e beleza universal foi eleita. Estamos falando de Barbara Palácios Teide.
Hoje Barbara Palácios é até nome de navio, cuja foto saiu na imprensa durante a greve geral para a deposição de Hugo Chavez: aquele capeta que está levando a Venezuela para o funfo do poço.
Por causa de Chavez a Venezuela passa por uma crise e deixando os venezuelanos descontentes e até em dúvida se vai haver a eleição da Miss Venezuela 2003 e se a atual vai ou não para o Panamá.
Voltemos ao assunto que é o Miss Universo 1986.
O show foi espetacular desde a abertura onde havia a apresentação de trajes típicos e as misses cantando: Tudo perfeito.
Nosso querido Bob Barker nunca esteve tão bem como nesse ano ou seja ele sempre foi o melhor host do Miss Universo.
Bob Goen e Jack Wagner também merecem ser lembrados pois foram ótimos apresentadores e não deixando de esquecer também o canadense Alan Ticke em 1988 em Taiwan( outro MIss Universo prá lá de bem produzido)
Joan Van Arc também é uma perfeita co-host - Naomi Campbell e Elle Macperson precisam aprender muito com ela.
Falando de co-host, me faz lembrar de Leeza Gibons, outra que fez um belo trabalho no Miss Universo.
As misses se apresentaram em vestidos coloridos bonitos mas conservadores pois a época era outra para a chamada das top 10.
E lá vem ela, a nossa Deyse Nunes, miss Brasil descendo a escadaria após ser a primeira a ser chamada.
Depois vieram Miss Porto Rico, Colômbia, Estados Unidos, Suíça, Zaire, Finlândia, Polônia, Chile e Venezuela.
Nossa querida Deyse não vai bem na entrevista a começar pela informação incorreta do que vai fazer depois da universidade: Depois de terminar a universidade, seguir a carreira de modelo internacional.Ora, ela tinha saido do colegial e só. Devia ter desenvolvido as respostas melhor para impressionar melhor principalmente quando perguntaram sobre ter que viver em Los Angeles se for eleita Miss Universo.
O grande problema das brasileiras são as mentiras que contam nas entrevistas e na ficha de inscrição.
Vejamos o caso de Adriana Alves de Oliveira, Miss Brasil 1981 dizendo que seria médica e modelo ao mesmo tempo. Ou faz uma coisa ou outra. Ela mentiu também no Miss Mundo dizendo que apresentava um programa de TV.
A pior mentira que uma ex miss falou na TV foi o de Solange Frasão no programa do Jô, dizendo que foi eleita Miss Mundo.
O povo não tem memória mas os aficionados não esquecem jamais.
Miss Porto Rico, nascida nos EUA vai muito bem na entrevista, seguida da repesentante americana, a texana Christy Fischter que impressiona na articulação e rapidez de pensamento.
Miss Suíça, depois de ser semi finalista no Miss Mundo do ano anterior também chega as semi finais no Miss Universo, seu único defeito é a pouca testa que tem e seu penteado devia ter sido feito melhor para disfarçar a sua testa e seu pavoroso vestido de noite.
Miss Zaire, mais conhecida como Miss ""Manhoco" com o seu francês impressionou o público e jurados mas não tinha condição de seguir para as finais.
Miss Finlândia, seguindo a tradição das deusas finlandesas
conseguiu chegar com seu look Grace Kelly às finais mesmo num inglês capenga.Ela tinha um corpo mais para modelo o que reforça a minha tese de que não existe padrão no mundo fashion e nem no mundo dos concursos de beleza. Nestes mundos participam moças com corpos de todos os tipos, até gordinhas.
No mundo das misses temos moças magras como Glória Bellici da Itália, em 1999, a própria miss Zaire e Finlândia 1986,
Miss Holanda 1984, Miss Turcos e Caicos 1987 etc.
No mundo fashion tinhamos na época das supermodelos, moças que vieram do mundo da publicidade como Cindy Crawford, Stephanie Seymour, Frederic Van Der Val, Laeticia Casta desfilando nas passarelas.
Miss Polônia, não impressiona como beleza pois tem o rosto meio gordinho mas impressionou na entrevista.
A Miss Chile tem um rosto muito maquilado e pesado mas ela mesma percebeu que não impressionou o jurado e público.
Miss Colômbia, aquela dos famosos olhos verdes se apresentou melhor no concurso do que a Deyse. As duas tem cabelos crespos e a colombiana os prendeu e se saiu muito bem. Pena que a Deyse não fez o mesmo, seu cabelo estava muito alto. Quando ela voltou ao Brasil e saiu no programa da Hebe, ela usou o vestido branco das preliminares e os cabelos mais baixou, estava linda. Pena que muitas das brasileiras ficam melhores quando voltam do concurso ou ano ou anos depois.
A colombiana saiu se bem na entrevista dando um banho na entrevista pobre da Deyse.
Agora vamos à entrevista de Barbara Palácios Teyde, a melhor
e mais impressionante da história junto com a de Cecilia Bolloco e Lara Duta ( na pergunta final).
Por ser do ramo da publicidade ela se saiu muito bem quando perguntada : como você faria uma propaganda do Panamá.
A partir daí o título já estava definido. A sua grande rival à altura era a Miss USA com certeza.
A americana era superior em beleza física comparando ao corpo de Barbara, mas o que faz uma miss ganhar é sempre a entrevista pois a partir que os jurados gostam de uma candidata na entrevista, eles dão notas altas mesmo que não impressionem no desfile de traje de banho e noite, vide Sushimita Sen com aquele pavoroso vestido de noite.
O desfile de trajes de banho foi um dos mais belos da história com aquela música de Sade e o cenário ajudou muito na composição. A cor azul dos maiôs também foi de acordo.
Miss Colômbia tropeçou e quase cai da escadaria mas se recompos e se saiu bem.
O corpo da venezeulana na impressiona, pois é muito magro e lhe falta mais peito.
Miss Zaire e Finlândia são as Olivia palito do concurso, retas mas bonitas.
Miss Brasil, USA, Colômbia, Suiça, Pôrto Rico, Chile e Polônia tem corpos bonitos e a americana se mostra superior a todas.
Vem o desfile de traje de noite e nossa Deyse Nunes vem de Pierrô com mangas bufantes enormes e os cabelos continuam altos. Devia ter usado o vestido das preliminares e o cabelo
mais baixo ou preso como fez miss Colômbia.
Aliás Miss Colômbia usou um vermelho de arrasar (para a época ) e lhe deu o se terceiro lugar.
Miss Porto Rico, chile, Suiça, Zaire, Polônia não impressionam em seus vestidos que vão do ruim ao médio.
A deusa americana vem de rosa ( a mesma tonalidade que usou no Miss USA ) e arrasa na passarela e a venezuelana vem de azul com duas libélulas ou borboretas na altura do peito, lindo.
Uma das cenas que marcam os brasileiros que assistiram ao show foi a decepção no rosto de Deyse quando viu a colombiana ser chamada por último nas top 5 ( a mesma decepção do rosto de Celice em 1982, no Perú ).
Mas Deyse Nunes, valeu, você foi nossa primeira miss de cor e foi uma digna representante de nosso país.
A única negra a chegar a sua altura foi a Miss São Paulo, Joyce Aguiar.
Barbara entra para a história como um grande exemplo de uma verdadeira Miss Universo - inteligência aliada a beleza.
Agora que o Miss Universo será transmitido pela cadeia de TV NBC tudo pode mudar no formato do show. Não creio que este ano se parecerá com o de 1986, pois os tempos são outros mas mesmo assim bem que poderiam chamar o Bob Barker de novo.


[ Post a Reply to This Message ]

Replies:

Miss de cor todas são... negras, brancas, amarelas... Acho que está na hora da gente acabar com esses eufemismos para identificar pessoas negras. E tomara que tenhamos mais misses negras na disputa do Miss Brasil e representando o país lá fora (NT) -- Ana, 15:53:45 02/23/03 Sun

Me desculpem, mas gosto é gosto. Sempre achei Bárbara Palácios muito charmosa, mas não bela. A coroa de Miss Universo 1986, deveria ter sido dos U.S.A. A Deise deveria ter figurado como vice. E Venezuela com terceiro lugar pela segurança nas entrevistas. (NT) -- José Roberto., 09:46:56 02/25/03 Tue

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


Forum timezone: GMT-4
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.