VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

Login ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 12345678 ]


[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Date Posted: 09:13:29 12/12/03 Fri
Author: Paulo
Subject: O fator entrevista e as consequências...

O fator entrevista e as consequências negativas de não se aproveitar bem essa prova -- 0:37:36 12/10/03 Wed
Como sabemos, há muito tempo os concursos de beleza internacional como o Miss Mundo e o Miss Universo fazem questão de mostrar a todos que a vencedora precisa mais do que um corpo e um rosto bonitos.
Nesses concursos, elas são entrevistadas nas preliminares, quando o júri conhece um pouco mais da personalidade e desenvoltura de cada uma. Na noite final, ainda são testadas frente a uma grande audiência.
Este processo, porém, não é o de uma seleção acadêmica. Claro que a miss precisa ter uma boa formação educacional, ser bem informada, mas tudo isso deve se expressar em desenvoltura, presença, capacidade de se comunicar.
No Brasil, as entrevistas estão cada vez mais se tornando um problema e não uma das formas de se escolher uma vitoriosa.
Primeiro, não há preliminares. Com raras exceções, o júri chega na hora do concurso e vê as candidatas pela primeira vez durante o concurso. Isto é injusto com as candidatas. Claro que o fato de ocorrerem preliminares não significa que o resultado agrade a todos, porém é um processo de escolha mais cuidadoso.
Segundo, quase sempre as entrevistas são realizadas exclusivamente no final da eleição, após escolha das semifinalistas e finalistas. Antes da candidata ser entrevistada, ela deveria ser apresentada ao público mediante um pequeno perfil: seus estudos, seu trabalho, planos para o futuro, formas de lazer etc. Lembro-me que Bob Barker realizava muito bem um bate-papo inicial e breve com as semifinalistas. A maioria delas relaxava e, as que tinham conteúdo e presença, acabavam por demonstrar seus atributos. Já neste momento era possível perceber algo mais do que beleza.
No Brasil, isto não ocorre. Nos últimos anos, as misses são entrevistadas de maneira muito formal, como se estivessem respondendo a uma prova oral acadêmica. Aliás, a maioria dos apresentadores age como se fosse uma caricatura de professor. Por sua vez, muitas misses se esforçam para impressionar e, em geral, isto não dá certo porque a maioria passa longe da espontaneidade. Na dúvida, tiram do bolso uma resposta clichê. Outras, nem isso. Ora, a entrevista não pode ser inserida no concurso como uma espécie de "pegadinha" ou "prova de inteligência"
Talvez por medo de "vexame" por parte dos organizadores, há casos em que as candidatas sabem as perguntas antes. A coisa chegou no limite no Miss Brasil 2003, quando todas sabiam anteriormente as perguntas. E deu no que deu.
Além disso, as perguntas que fazem, pelo amor de Deus! Tem algumas tão manjadas quanto certas respostas cheias de clichê.
A solução é selecionar fazendo uma preliminar (ao menos com o júri), contar com apresentadores realmente qualificados na noite final, capazes de num primeiro contato mostrarem ao público quem é a miss, possibilitando que elas tenham a oportunidade de se expressar sem o clima de prova acadêmica. Por último, perguntas menos previsíveis às finalistas.
E, para terminar, é preciso que se reconheça: nem sempre a melhor resposta é a da vencedora. Se a mais bela candidata é totalmente sem informação e não tem presença, realmente não merece o título. Agora, se ela é bonita, tem presença, mas não demonstrou o brilhantismo de uma claramente menos bela, acho injusto perder o título por isso. Se ela mostrou potencial, tudo bem. O resto é preparação.
Só não é justo avaliar sua desenvoltura numa resposta de um minuto no final da eleição, sem preliminares.


[ Post a Reply to this Message ][Edit]

Replies:

O único que passou a adotar o formato do Miss Universo foi o Silvio Santos. As finalistas eram selecionadas dias antes da noite final, e apareciam em belos cenarios com suas respectivas notas. Logo em seguida da chamada das dez( ou doze) semifinalistas, acontecia a tal entrevista. Uma pena é que nao havia comparacao entre o incrivel Bob Barker e o nosso nao menos inacreditavel (hehehe) SS. Cada pergunta...tipo - quem nasce no Acre é o que?- ou - vc estuda Medicina por que quer ser médica? - Apesar dos pesares, funcionava bem e foi uma pena o Mr.Sorriso ter abandonado o concurso em 89... (NT) -- Carlos - BH, 13:27:24 12/10/03 Wed
De acordo!Boas Saudades de SS apresentando o Miss Brasil! O Boanerges bem que poderia contactar alguém da própria Band que tenha seriedade e uma certa experiência como apresentador, e, que goste do assunto: "misses", para apresentar o Miss Brasil 2004. Talvez o Datena ou o Leão do Boa Noite Brasil, ou outro à altura, pois o Marcos Hummel, Astrid e outros foram uma decepção no MB2003. Faltou carisma para um evento tão grandioso. (NT) -- José Roberto., 16:25:32 12/10/03 Wed

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


Forum timezone: GMT-4
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.