VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 1[2]34 ]


[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Date Posted: 18:06:14 04/25/05 Mon
Author: Rodrigo Durval de Lacerda
Subject: Resumo - Semana 9

UFMG - PosLin
DISCIPLINA: LIG 905 Seminário de Tópico Variável de Lingüística Aplicada – 2005/1o
Professora: Vera Menezes.
Aluno: Rodrigo Durval de Lacerda
Semana 9 (25 a 29 de abril)

MITCHELL, R; MYLES, F. The universal grammar approach. In: MITCHELL, R; MYLES, F. Second language learning theories. London: Arnold, 2004. p. 52-94.

Os objetivos de Rosamond Mitchell e Florence Myles, em seu artigo, é dar uma ampla definição dos objetivos da tradição Chomskyana na pesquisa lingüística e delimitar os aspectos da aquisição de segunda língua para os quais esta tradição é mais relevante. Além disso, examinar o próprio conceito de Gramática Universal em alguns detalhes.

Citando Chomsky, os autores dizem que os principais objetivos da teoria lingüística devem responder a três questões básicas sobre a linguagem humana. São elas:

1. O que constitui conhecimento de linguagem?
2. Como o conhecimento de linguagem é adquirido?
3. Como o conhecimento de linguagem é posto em uso?

Sobre a primeira questão, a abordagem da Gramática Universal afirma que todo ser humano tem inerente um conjunto de princípios e parâmetros que controlam a forma que a linguagem humana pode tomar. Segundo Chomsky, em seu Programa Minimalista, o núcleo da linguagem humana é o léxico, caracterizado por categorias lexicais e funcionais.

Sobre a segunda questão, Chomsky acredita que crianças não poderiam aprender sua primeira língua tão rápida e facilmente sem a ajuda de uma capacidade lingüística inata para guiá-las. Segundo ele, crianças criam uma representação mental de linguagem que não somente vai além do input ao qual elas são expostas, mas é também notavelmente semelhante àquele de outros falantes nativos da mesma variedade lingüística. Crianças ativam isto numa idade em que elas têm dificuldade de compreender conceitos abstratos, ainda que a linguagem seja provavelmente a mais abstrata parte do conhecimento que elas sempre possuirão.

Com relação à terceira pergunta, a Gramática Universal está preocupada com conhecimento de linguagem, isto é, com a representação mental abstrata da linguagem, e os mecanismos computacionais associados com ela, os quais todos seres humanos possuem, chamada competência.

Na seção 3.2.2, intitulada Arguments from first language acquisition, os autores expõem os argumentos que sustentam a existência de uma capacidade inata de linguagem em crianças, justificados pelas seguintes características:

. crianças vão através de estágios desenvolvimentais;
. estes estágios são muito semelhantes entre crianças de uma dada língua;
. estes estágios são muito semelhantes entre línguas;
. linguagem da criança é governada por regras e sistemática, e as regras criadas pela criança não são necessariamente correspondentes às do adulto;
. crianças são resistentes à correção;
. a habilidade de processamento das crianças limita o número de regras que elas podem aplicar a qualquer momento, e elas reverterão para hipóteses mais fáceis quando duas ou mais regras competem.

Mitchell e Myles aludem a um princípio universal que é o da estrutura-dependência, o qual declara que a linguagem é organizada de tal maneira que ela crucialmente depende de uma estrutural relação entre elementos em uma sentença (tais como palavras, morfemas etc). Isto significa que aquelas palavras são reagrupadas dentro de estruturas de nível mais alto que são as unidades que formam a base da língua. Algumas sentenças em língua inglesa são utilizadas como exemplo deste reagrupamento.

O mais recente trabalho de Chomsky, chamado Programa Minimalista, é citado. Nele, o lingüista sugere que toda a capacidade lingüística consiste de um procedimento computacional e um léxico. De acordo com esta visão, línguas são diferentes umas das outras somente porque seus léxicos são diferentes, e tudo que a aquisição de linguagem envolve é a aquisição do léxico.

Voltando ao tema da aquisição de linguagem por crianças, os autores concluem a seção 3.3.2, Parameters, afirmando que, de acordo com o modelo da Gramática Universal, elas, para aprenderem sua língua materna têm que aprender o léxico de sua língua, que significa aprender tanto as categorias lexicais quanto funcionais contidas nelas, com seus parâmetros associados. Esta teoria tem afirmado que crianças passam por um estágio de ter adquirido as categorias lexicais, mas não as funcionais.

Outras conclusões nos são apresentadas com relação à aquisição de linguagem por crianças:

. Tendo em conta que a estrutura da frase é um princípio invariável da Gramática Universal, elas poderiam então saber que sentenças são feitas de frases que têm uma estrutura fixa e não teriam trabalho de calculá-la.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT-8
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.