VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

22/04/19 13:55:22Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123[4]56789 ]
Subject: China discrimina migrantes internos


Author:
Abel Coelho de Morais
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 2/03/07 12:17:39

São entre 150 e 200 milhões o número de pessoas que trabalha e vive em condições sub-humanas nas principais cidades da China, sem quaisquer garantias de emprego nem direito à saúde, educação e habitação condigna.

As pessoas a viver nestas condições são os migrantes internos, um dos grupos responsável pelo crescimento económico da China, cuja situação é denunciada no mais recente relatório da Amnistia Internacional (AI), ontem divulgado sob o título República Popular da China - Migrantes Internos: Discriminação e abuso. O custo humano do 'milagre' económico.

"A vida dos trabalhadores migrantes é uma miséria. Vivem em habitações improvisadas, comem os alimentos mais baratos. Não têm qualquer seguro e os seus salários são muitas vezes retidos pelos patrões. E ainda são discriminados em relação aos habitantes das cidades", lê-se no documento da AI, que cita um desses trabalhadores que conseguiu chegar a empresário e é hoje membro da Assembleia Nacional.

Esta mão-de-obra "flutuante" - que se estima atinja os 300 milhões em 2015 - está ainda refém do seu estatuto de residente transitório dos centros urbanos, o que lhes reduz, a si e aos familiares, o acesso aos serviços de saúde, às escolas e ao próprio direito de residência permanente nas cidades. Ainda que tenham ocorrido reformas nas leis que enquadram esta situação, é necessário a quem esteja mais de três meses fora da sua área de residência pedir uma licença provisória de residência no local onde se encontra. O presente sistema, conclui o relatório, acentua a disparidade entre população urbana e rural e permite aos patrões exercer chantagem sobre os migrantes que chegam às cidades em busca de trabalho, vedando-lhes o acesso aos direitos sindicais e impondo-lhes horários mais longos, salários mais baixos e não lhes concedendo férias.

A AI conclui pela absoluta necessidade de Pequim rever ou abandonar o sistema de residência em vigor, com todas as consequências daí decorrentes, impor multas e outras sanções aos empregadores faltosos e prestar maior atenção ao respeito pelos direitos humanos em geral.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Replies:
Subject Author Date
O FUTURO DO GIGANTEGazeta do Povo 6/03/07 22:22:54
China: Novo regime fiscal para empresas estrangeiras entra em vigor em 2008TvNet / Lusa14/03/07 10:00:17
China constrói no Tibete o aeroporto mais alto do mundo e outros 36Li Li15/03/07 0:57:15


Login ] Create Account Not required to post.
Post a public reply to this message | Go post a new public message
* HTML allowed in marked fields.
Post Password:
Keep password cookie for 24 hours

Message subject (required):

Name (required):

  Expression (Optional mood/title along with your name) Examples: (happy, sad, The Joyful, etc.) help)

  E-mail address (optional):

* Type your message here:


Notice: Copies of your message may remain on this and other systems on internet. Please be respectful.

[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.