VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

11/12/19 12:20:07Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 12345[6]789 ]
Subject: Era uma vez uma fábrica...- De novo


Author:
Fernando Penim Redondo
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 20/04/07 10:42:32
In reply to: Fernando Penim Redondo 's message, "Era uma vez uma fábrica..." on 17/04/07 17:37:11

O Diário de Notícias e o Público, a 17 e a 18 de Abril, referiram nas suas páginas a demolição da velha fábrica da INDEP em Moscavide.

Como observei e documentei fotográficamente esse processo posso esclarecer o seguinte:


- 12 de Fevereiro: eram evidentes os trabalhos preparatórios da demolição para quem passava à porta da fábrica

- 13 de Fevereiro: contactei o Presidente da Junta de Moscavide que estava consciente do facto mas que me disse desconhecer o projecto

- 2 de Março: já havia vários edifícios demolidos

- 16 de Março: enviei uma mensagem electrónica à Câmara Municipal de Loures em que referia as demolições em curso e pedia informações

- 20 de Março: é demolido o maior edifício da fábrica, e o mais emblemático, bem com a grande chaminé.

- 21 de Março: dirigi-me à loja de atendimento ao público da CML no LoureShopping e tentei, sem sucesso, perceber o que estava a acontecer

- 3 de Abril: fui ao atendimento público do Departamento de Gestão Urbanística e também ao Departamento de Projectos Estruturantes onde a demolição em curso já era conhecida

- 5 de Abril: finalmente, segundo o Público e com a maior parte dos edifícios derrubados, a Câmara de Loures embarga as demolições.


Sendo estes os factos constata-se que só ao fim de quase dois meses, e quando já pouco se podia fazer, a Câmara de Loures resolveu actuar. Isto apesar dos avisos e perante acções de demolição que chegaram a ter grande espectacularidade.


Conclusão: parece tratar-se de um conluio entre a CMLoures e a empresa proprietária dos terrenos, possívelmente com o intuito de evitar embaraços resultantes de qualquer tentativa de preservar objectos de arqueologia industrial. A CMLoures fechou os olhos e a empresa derrubou por forma a criar um facto consumado.

Os argumento avançados para justificar a demolição, como por exemplo o perigo de derrocada, não me parecem credíveis à luz de observações que fiz no local e que tenho documentadas.

Não me pronuncio sobre as vantagens, ou oportunidade, de demolir a velha fábrica mas não posso aceitar a falta de transparência que rodeou todo este caso. É muito grave que o dever de informar os cidadãos, e até os partidos representados na Assembleia de Freguesia e na Assembleia Municipal, tenha sido sistematicamente desrespeitado.

Talvez este caso seja apenas mais um, no meio de muitos outros, mas não abdico de o denunciar.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]


Post a message:
This forum requires an account to post.
[ Create Account ]
[ Login ]
[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.