VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

25/02/24 21:01:00Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123456789 ]
Subject: China: Classe média tem novos valores


Author:
A TARDE
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 28/10/07 10:17:02
In reply to: CLÁUDIA TREVISAN 's message, "Número de bilionários chineses chega a 100" on 9/10/07 13:34:15

Desde que o então líder Deng Xiaoping abriu a economia chinesa, em 1978, cunhando a famosa frase "Ser rico é glorioso", a China testemunhou o surgimento de uma classe média cada vez mais numerosa, que está moldando um novo padrão de valores e de consumo no país. São famílias com renda anual equivalente a um total entre R$ 8,6 mil e R$ 17,4 mil - pouco se comparado com países ocidentais, mas com um poder de compra pelo menos cinco vezes maior que o dos brasileiros -, que compram automóveis, roupas, tevês e celulares, impulsionam o setor de serviços e são consideradas responsáveis pelo boom imobiliário das grandes cidades.

Especialistas estimam em 200 milhões o número de chineses que fazem parte desse novo estrato social. Em 2011, chegarão a 300 milhões - o tamanho da população dos EUA. Eles refletem a transformação ocorrida nos últimos 30 anos no país, período no qual a renda per capita da população cresceu sete vezes, mais do que a dos japoneses nos 25 anos posteriores à 2ª Guerra Mundial.
A classe média chinesa tem várias peculiaridades. Enquanto a faixa mais pobre da população e a elite milionária são dependentes do Partido Comunista, seja para sobreviver ou para fazer grandes negócios, a classe média considera-se discriminada. "Ela não tem representação política, pois é formada por pessoas que investiram em si, abrindo um negócio próprio, ou por profissionais altamente qualificados que ocupam os principais postos de trabalho no setor privado", disse ao Estado o economista Jie Chen, professor da Universidade Fiudan, em Xangai.

Outra característica é o cuidado ao gastar seu dinheiro. O crédito ao consumidor ainda é restrito. Isso faz com que os chineses evitem fazer dívidas - a poupança acumulada pela população é avaliada em US$ 4,9 trilhões, o dobro do PIB do país - e sejam mais exigentes na hora de comprar produtos.
O exemplo mais visível está nas ruas de grandes cidades, como Pequim, onde há mais carrões de luxo do que automóveis pequenos e econômicos. O carro é um símbolo de status e os chineses não economizam na hora de adquirir o seu. Poupam e, depois, compram à vista.

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Replies:
Subject Author Date
Bolsas da China e de Hong Kong dominam 25% do mercado mundialEFE 1/11/07 8:44:32


Post a message:
This forum requires an account to post.
[ Create Account ]
[ Login ]
[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.