VoyForums
[ Show ]
Support VoyForums
[ Shrink ]
VoyForums Announcement: Programming and providing support for this service has been a labor of love since 1997. We are one of the few services online who values our users' privacy, and have never sold your information. We have even fought hard to defend your privacy in legal cases; however, we've done it with almost no financial support -- paying out of pocket to continue providing the service. Due to the issues imposed on us by advertisers, we also stopped hosting most ads on the forums many years ago. We hope you appreciate our efforts.

Show your support by donating any amount. (Note: We are still technically a for-profit company, so your contribution is not tax-deductible.) PayPal Acct: Feedback:

Donate to VoyForums (PayPal):

Login ] [ Contact Forum Admin ] [ Main index ] [ Post a new message ] [ Search | Check update time | Archives: 123[4]5678 ]
Subject: Re: A Miragem do Terramoto


Author:
Guilherme da Fonseca-Statter
[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]
Date Posted: 10/07/08 21:47:10
In reply to: Fernando Penim Redondo 's message, "A Miragem do Terramoto" on 10/07/08 0:16:49

Não tenho a mínima intenção de defender, explicar ou justificar o que diz BSS. Aliás discordo de muitas das suas análises e penso mesmo que por vezes presta um mau serviço à análise sociológica. Como aconteceu em tempos por ocasião de uma polémica – em livros – com um conhecido professor de Física.
Mas, por outro lado, não estou a ver bem em que é que os comentários de FPR sejam os mais adequados para uma crítica do que escreveu BSS.
Em primeiro lugar, a leitura frequente de revistas da especialidade – em Francês, em Inglês e em Espanhol – tendem a confirmar a influência decisiva do factor ideológico (aquilo a que BSS chama de "miragem") no que diz respeito às directivas quer da Comissão Europeia, quer dos países que decidem da OCDE. Acrescentaria o G8 e quejandos.
No que diz respeito à "miragem USA" é um facto que se pode constatar, até na recente reforma (ou tentativa disso) das universidades francesas. O que prevalece é o modelo americano e o "big is good"... Daí a junção/fusão "mais ou menos forçada" de universidades regionais. Depois o que está a dar é a proliferação dos MBA’s. A esse respeito recomenda-se a leitura do livro de Mintzberg "MBA’s Não Obrigado".
Como deveria ser evidente, a derrocada não resulta só da "miragem". Resulta sobretudo da lógica intrínseca do sistema (não me vou repetir aqui...) e da tentativa permanente de manter as taxas de lucro a níveis julgados adequados por parte dos gestores financeiros deste mundo. Transferindo para países como a China e a Índia os processos produtivos de mão-de-obra intensiva. Cuja "força-de-trabalho" se vende ali a preços irrisórios...
Grande parte do crescimento da China e da Índia é provocado (tem origem em) investimentos de MNC’s de base americana, europeia e japonesa. No caso da Europa, é por isso mesmo que se vai assistindo à tal "derrocada" do que se convencionou chamar de "modelo social europeu".
Não há aqui nenhuma "perda vertiginosa de importância da Europa e dos EUA". O que há é os grandes capitalistas europeus e americanos estarem a (ou tentarem) pôr os "seus" trabalhadores a concorrer com os trabalhadores chineses e indianos. Como previa Engels há bem mais de 100 anos.
Aliás vejam-se as respectivas exportações (de um lado e do outro e em tipo de materiais...), assim como o crescente número de bilionários chineses e indianos (mas não só) a "trocarem investimentos" com os seus colegas europeus e americanos.
Por outras palavras, era bom (para se analisarem estas coisas) deixar de pensar em termos de "nações" e passar a pensar em termos de classes sociais. Como recomendava o velho das barbas...
Já agora, e só para concluir, convém esclarecer que não é exacto que o "modelo social europeu", (tenha) nascido nos tempos em que grande parte do planeta vivia sob o colonialismo europeu ou sob a drenagem impune dos recursos naturais.
No limite quase que seria caso para dizer: antes pelo contrário... As colónias (e os respectivos custos administrativos) foram um dos primeiros lastros a serem descartados por parte das burguesias governantes nos países europeus com colónias.
Quanto às "previsões" de BSS (e sua crítica por FPR) e a alegada "defesa de uma variante benigna de capitalismo", limitar-me-ei a dizer que (se calhar) o BSS, quando escreveu o que escreveu, estava numa de "do mal, o menos...".

[ Next Thread | Previous Thread | Next Message | Previous Message ]

Replies:
Subject Author Date
Re: A Miragem do Terramotopjnsilva11/07/08 5:55:49
Do mal o menos ?Fernando Penim Redondo12/07/08 19:53:23


Post a message:
This forum requires an account to post.
[ Create Account ]
[ Login ]
[ Contact Forum Admin ]


Forum timezone: GMT+0
VF Version: 3.00b, ConfDB:
Before posting please read our privacy policy.
VoyForums(tm) is a Free Service from Voyager Info-Systems.
Copyright © 1998-2019 Voyager Info-Systems. All Rights Reserved.